A festa comemorativa dos 100 anos de José Naves de Sousa, no sábado, dia 19, na quadra de esportes do Colégio Isu, em Firminópolis, GO, a 110 km de Goiânia e que fica na região do Mato Grosso Goiano, foi perfeita, em todos os detalhes: começou na hora marcada, às 12h, a missa participativa, inclusive com um folheto em cada mesa; a presença de uns 300 convidados, de várias cidades, todos devidamente acomodados em mesas decoradas e, o principal, a alegria, a animação e o bom humor de todos os presentes. Do homenageado – que completa neste domingo, dia 20, os 100 anos de vida bem vividos, sempre na companhia da mulher, Abadia Maria de Jesus, de 95 anos – à bisneta que tinha completado dois meses. Todos participavam. A maioria cantava, contava histórias e piadas.

Uma das piadas mais aplaudidas foi narrada por um dos netos, ao falar do estilo tranquilo e bem humorado do avô, para justificar o fato do casal nunca ter brigado nesses quase 78 anos de matrimônio: No primeiro dia, quando eles, confortavelmente, numa carroça, iam para casa após a cerimônia religiosa, o cavalo deu uma pequena tropeçada e ele apenas disse: um; alguns metros adiante na viagem, que transcorria normalmente, um novo e um pequeno tropeço do animal, quando ele só anotou: dois; no terceiro, ele sacou de sua arma e matou o quadrúpede. Intrigada, a jovem Abadia indagou o motivo daquele ato e ele simplesmente disse: um…

A família gosta de festa, mantém a tradição de comemorar cada aniversário de seus integrantes, e tornou aquele momento mais eufórico e vibrante com a presença dos nove filhos, quatro noras, dois genros,  18  netos e 14  bisnetos, além de muitos parentes e amigos. O aniversário de Zé Branquinho, apelido que ganhou por ter uma pele clara, já é tradicional.

Após a cerimônia religiosa, as cantorias, os abraços, as fotos, a comida, a bebida, as conversas nas mesas, o som sertanejo e a dança, com muitos casais deslizando pela espaçosa quadra de esportes. Tudo na mais perfeita harmonia, sem qualquer contratempo.

Fomos à festa, Heloísa e eu, acompanhados do primo Eurípedes Naves Borges, que queria voltar logo, pois neste domingo tinha viagem programada para Salvador, BA, para organizar a chegada dos filhos, netos e parentes para uma temporada. Foi difícil, mas conseguiu uma camiseta para dar à filha, Viviane, que mora no Peru e estava chegando para o descanso na Bahia. É que a maioria dos familiares mais próximos estava vestindo a sua, e não tinha sobrado nenhuma. A neta Lorena Naves, sempre atenciosa, é que fez a proeza de descolar essa bonita lembrança, que tinha na frente a referência aos 100 anos de Zé Branquinho e nas costas o brasão da família Naves.

Dentre os convidados, o ex-reitor da Universidade Federal de Goiás, Edward Madureira Brasil, atualmente no Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, em Brasília, com seus familiares; e o chefe de Gabinete da Secretaria da Educação, Cultura e Esportes do Estado, Antônio Celso Ferreira Fonseca, com sua mulher, Mafalda Paz Esteves. O primo José Roberto Naves e a mulher Maria Lúcia, também presentes, falavam do trabalho do filho, André Ariza Naves, do PP, atual prefeito de Piranhas, GO.

Confirmando a longevidade da família a presença de três irmãos, todos assinando Borges Naves, sobrinhos do aniversariante: Waldivino, 81 anos, com a filha caçula, Krystine, 14 anos; Walter (Pretinho), 77, que foi vereador na cidade em 1958 (dois mandatos); e Waterloo, 75, lembrando ter sido jogador profissional de futebol pelo Firminópolis Esporte Clube e pelo Galo da Montanha, de São Luiz de Montes Belos, cidade vizinha. Os três são auditores fiscais do Estado aposentados e filhos de Antônio Romão Naves, pioneiro na cidade, da qual foi o primeiro Prefeito, nomeado, em 1949. Era do antigo e poderoso PSD. A mãe deles, Geralda, era irmã de Zé Branquinho.

A família, contando com a sua presença entre nós por muitos anos, já programa as próximas comemorações: em 2016, os 78 anos de casamento dele e dona Abadia em janeiro, e o seu 101º aniversário, em dezembro; em 2017, os 79 anos de casamento e os 102…

Deixe uma resposta

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.