gilmar-alves-haroldo-naves-reila-naves-chico-naves-e-saulo-faleiros-cardoso

Gilmar Alves, Haroldo Naves, Reila Naves, Chico Naves e Saulo Faleiros Cardoso

Seis Naves se candidataram a Prefeito em municípios de Goiás nas eleições realizadas no domingo, dia 2. Desses, três sagraram-se vitoriosos, voltando à Prefeitura de seus municípios, que já tinham administrado anteriormente, todos pelo PMDB: Gilmar Alves, em Quirinópolis, filho de Anésia Naves da Silva, obteve 16.003 votos (58,05%); Haroldo Naves, em Campos Verdes, 1.992 votos (53,65%); e Reila Naves, em Turvelândia, 1.969 votos (46,29%). Dois vão para o segundo turno: Iris Rezende, do PMDB, em Goiânia, neto de Isabelina Naves Carneiro, que obteve 277.074 (40,47%), e vai disputar com Vanderlan Cardoso, do PSB, que conseguiu 217.981 votos (31,64%): e Roberto Naves, do PTB, em Anápolis, que conquistou 38.913 votos (21,56%), e vai disputar com o atual prefeito João Gomes, do PT, que obteve 53.988 (29,92%). Marco Aurélio Naves, do PSDB, em Buriti Alegre, candidato à reeleição, obteve 2.559 votos (38,01%) e perdeu para Dedé Chaves, do PMDB, que teve 4.173 votos (41,73%). Gilda Naves, em Silvânia, do PP, teve a candidatura indeferida.

Especialista em Ortopedia e Traumatologia, o médico Saulo Faleiros Cardoso, do PSDB, 53 anos, casado, foi eleito Prefeito de Monte Carmelo, MG, sua cidade natal, com 14.618 votos (55,23%). Filho de Nilo Cardoso Naves e Eda Faleiros Naves, ele volta à Prefeitura depois de oito anos, tendo sido eleito em 2008.

Vereadores

Empresário, casado, 66 anos, Altamiro Naves, mineiro de Patrocínio, candidatou-se a Vereador em Joviânia, GO, pelo PSDB, na coligação ‘Com o povo, para o povo, de novo‘, obteve 192 votos (4.03%) e foi eleito. A goianiense Michelle Vasconcelos Guerra, filha de Marisa Naves Vasconcelos e Reinaldo Ferreira Guerra, solteira, servidora pública municipal, foi para a terra de seus pais, de Buriti Alegre, GO, e candidatou-se a Vereadora, pelo PSDB, conquistou 85 votos, mas não se elegeu. Professor do ensino superior, Alexandre Naves de Brito, goiano de Anápolis, solteiro, 48, foi candidato a Vereador em Planaltina, GO, pelo PR, na coligação ‘Tudo por Planaltina‘, obteve nove votos e não foi eleito. Natural de Goiatuba, GO, casada, auxiliar de escritório, Sara Naves Cardoso candidatou-se a Vereador em Acreúna, GO, pelo PTC, coligação ‘Unidos por uma Acreúna Melhor II’, obteve 126 votos  (0,96%), mas não se elegeu. O advogado Márcio Martins Naves Júnior, goiano de Rialma, solteiro, 27 anos, candidatou-se a Vereador em Itapaci, GO, pelo Solidariedade, coligação ‘Unidos por Itapaci‘, obteve 296 votos (2,48%), mas não se elegeu.

Comerciante, 59 anos, casado, Francisco Donizetti Naves, que adotou o apelido Chico Naves, candidatou-se a Vereador em Oliveira, MG, pela Rede Sustentabilidade, coligação‘Vez e voz ao povo‘, obteve 598 votos (2,41%), ficou em oitavo lugar e foi eleito. Analista de sistemas, casada, natural de Uberaba,Vera Lúcia Naves Fernandes foi candidata a Vereadora em Santa Juliana pelo PT do B, coligação ‘Novos rumos para uma nova política‘, obteve 276 (3,62%), mas não feita eleita. Servidor público municipal, Wesley José da Rocha Naves, do PP, divorciado, 55 anos, natural de Araguari, MG, candidatou-se a Vereador em Indianópolis, obteve 131 votos (3,23%), mas não se elegeu. Mineiro de Nova Lima, 55 anos, divorciado, Rodrigo Guimarães de Vasconcellos Naves, administrador, foi candidato a Vereador em sua cidade natal, pela Rede, e obteve 245 votos (0,48%), mas não feito eleito.

Motorista de veículos de transporte de carga, casado, 42 anos, Francisco Gonçalves Naves, o Chiquinho, candidatou-se a Prefeito de sua cidade natal, Araguainha, MT, pelo PPS, na coligação ‘Unidos para servir‘, formada pelo PPS, PSDB e PR, obteve 364 votos (41,04%), mas não se elegeu, ficando em segundo lugar.

Advogado, casado, 46 anos, Carlos Naves de Resende foi candidato a Vereador em Rondonópolis, MT, sua cidade natal, conseguiu 1.144 votos (1.04%), mas não foi eleito. Goianiense, 50 anos, solteira, a representante comercial Altina Aparecida Naves, que adotou na campanha o apelido Tina Naves, também se candidatou a Vereadora em Rondonópolis,pelo PP, na coligação ‘Progresso para todos‘, obteve 49 votos (0,04%), mas não se elegeu.

Em sua primeira experiência eleitoral, a estudante Stephany Naves da Cruz, paulista de Osasco, 19 anos, solteira, candidatou-se a Vereadora de sua cidade natal, pelo Partido Ecológico Nacional (PEN), conseguiu 87 votos (0,02%), mas não se elegeu. Locutor e comentarista de rádio e televisão, casado, 36 anos, Edmar José Naves foi candidato a Vice-Prefeito de sua cidade natal, Itirapuã, SP, pelo PSB, coligação ‘Por uma Itirapuã melhor‘; a chapa, tendo como candidato a prefeito Gerson Alves, do PSDB, obteve 1.903 votos (47,27%), mas não se elegeu.

Deixe uma resposta

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.