Jornalista e hoje se dedicando, também, à história e à genealogia, Jales Naves nasceu no distrito de São Geraldo, que integrava o município de Goiânia, mas desde o seu primeiro ano de vida e até os 30 anos residiu no bairro da Campinas.

Graduado em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás, onde presidiu, quando estudante, o Centro de Estudos de Comunicação, começou no Serviço Público pela Agência Goiana de Notícias, do CERNE. Trabalhou nos jornais “Tribuna de Goiás”, “O Popular” e “Folha de Goiaz”, que dirigiu; estudou na Bélgica (1977/78), onde fez pós-graduação na área de comunicação, e trabalhou no jornal “Cinco de Março”.

Fundou e presidiu a Cooperativa dos Jornalistas de Goiás, uma experiência ousada; e dirigiu por 10 anos a Organização das Cooperativas do Estado de Goiás, reestruturando e dando projeção ao movimento cooperativista goiano, que na época ganhou dimensão política.

Foi secretário-geral e presidiu, por dois mandatos, a Associação Goiana de Imprensa (AGI), quando promoveu concursos para valorizar o trabalho profissional nas redações; resgatou o papel político da entidade; e idealizou um movimento de união de todas as forças políticas, sociais, econômicas e religiosas para atuação em prol do desenvolvimento de Goiás, que denominou “Projeto Goianidade”. A partir dos anos 90 dedica-se a assessorias de imprensa, tendo sido assessor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, onde editou o jornal “Folha PUC”.

Aposentou-se pelo CERNE, onde dirigiu programas na TV Brasil Central, como o “Roda Viva” e “Opinião e Debate”. Criou a revista “Família Naves”, que editou e dirigiu, e publicou um boletim de notícias sobre a família, via internet, que em 2010 completou a 200ª edição. Nos planos, escrever livros, para resgatar histórias.

Casado com bióloga e professora universitária Heloísa Aparecida Machado Naves, têm três filhos, todos goianienses: Rossana, bacharel em Direito; Mariana, graduada em Relações Internacionais, e Jales Júnior, advogado, especializado em Direito Tributário.

Fonte: Livro “Campininha das Flores: Biografias & Ensaios”, organizado pelo escritor Antônio Moreira. Goiânia, Editora Kelps, 2011, p. 288.

Deixe uma resposta

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.