As viagens são sempre surpreendentes, e ainda mais quando sem programa definido previamente.

Casa onde funcionou a escola municipal, nos anos 1940 e 1950

Foi o que aconteceu quando Heloísa e eu voltávamos do excelente e inesquecível encontro comemorativo dos 50 anos de formatura dela no curso ginasial em Iturama, MG, no dia 20 deste mês. Passando por São Francisco de Sales, cidade próxima, onde seu avô, José Porfírio de Carvalho, o Juca Escrivão, teve cartório, e nasceram nove de seus 10 filhos, aproveitamos para entrar na cidade e relembrar os locais mais conhecidos, como a igreja antiga.

Ao procurá-la, seguimos pela Rua 4, na esquina da Rua 9, na parte mais baixa da cidade, quando passamos por um quintal com uma bela e frondosa mangueira, toda colorida, com as mangas meio amareladas, já maduras, por toda a parte. Heloísa, que adora essa fruta, sugeriu que parássemos para perguntar se as vendiam. Foi logo na esquina. Desci, bati palmas e um senhor, que estava deitado no sofá, levantou-se e nos atendeu, todo solícito.

Indagamos sobre as mangas e ele, gentil, sugeriu que déssemos a volta e fôssemos ao pé buscá-las, sem ter que pagar. Simpático, logo começamos a conversar e Heloísa disse que seu avô teve um cartório na cidade. Ele, de pronto, perguntou: – Não é o Juca Escrivão?

Hitler Lobo de Mendonça

Ao ter confirmado o nome apressou-se em dizer da admiração e da longa amizade da sua família por ele, que foi o responsável por seu pai, João Lobo, descendente de camponeses, ter adquirido uma pequena chácara perto da cidade, ao indicar a primeira terra que comprou. Logo depois conseguiu outras áreas, que foi anexando. Afirmou também que ele fez o seu registro de nascimento, já informando seu nome: Hitler Lobo de Mendonça, natural de São Francisco de Sales, MG, do dia 2 de julho de 1940, no início da Segunda Guerra Mundial. O nome trouxe-lhe pequenos contratempos, mas não dificultou a sua vida.

Juca Escrivão, como fez questão de ressaltar, era uma pessoa competente, muito educada, “uma educação fina”, disse: falava baixinho, quase não dando para as pessoas escutarem, e tratava a todos com muito respeito.

Lembrou que na região funcionou um engenho da serra, tocado por água, que preparava madeiras para as casas, construções e atividades correlatas.

Seu pai foi fazendeiro, e instruiu os filhos a trabalhar desde cedo. Na época não existia energia elétrica, o fogão era a lenha e de vez em quando reunia os bois para atrelá-los no carro e os candeava para buscar lenha, reservando um lote para o Juca Escrivão. A amizade era tanta que quando matava um capado reservava-lhe um pedaço nobre, como o pernil

A casa onde mora, de 1932, teve outras atividades: pensão, que hospedava os jagunços que passavam pela região; farmácia e padaria. Lobinho, como é conhecido na cidade, tem muitas lembranças daquele época. É casado com Floripes Gonçalves, natural daquela região, atualmente com problemas de saúde, e os filhos estão todos encaminhados na vida.

Lobinho foi político: começou na Aliança Renovadora Nacional (Arena), em 1973, como vereador, e depois, discordando do partido, transferiu-se para o Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Cumpriu mais três mandatos, até 1988.

No outro lado da rua fica uma casa grande, com vários cômodos, que serviu como escola municipal, por muitos anos, e hoje, adquirida pela usina, está abandonada, em nada lembrando os bons e frutíferos tempos em que funcionava. Dentre as professoras, a mãe de Heloísa, dona Oda Carvalho Machado, e a irmã dela, Alda Carvalho Silva.

A conversa iria até mais tarde, mas como tínhamos que prosseguir viagem, agradecemos as mangas e goiabas, e seguimos em frente.

One thought on “Passagem por São Francisco de Sales, MG

  1. Lindo texto, Jales.

    Apesar de ter morado em Iturama dos 7 aos 25 anos, nunca fui a S. Francisco de Sales, mas deu vontade ir lá lendo esse texto.

    Deu vontade também de conhecer seu Lobinho e de provar as mangas e goiabas adocicadas pela humanidade legítima dos mineiros do triângulo.

    Grande vovô Juca Carvalho, Heloísa.

    Parabéns!

Deixe uma resposta

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.