“Uma prova viva de que política e sociedade podem, sim, coexistir em perfeita sintonia de interesses

, para a plena realização de suas potencialidades e valores, em benefício do bem comum.”

Luiz Becker

Luiz Becker

Gaúcho de Ibirubá e em Goiás desde 1972, tendo trabalhado na Companhia de Desenvolvimento do Estado de Goiás (Codeg) e na Empresa Goiana de Pesquisa Agropecuária (Emgopa), o técnico agrícola Luiz Becker Karst teve expressiva atuação na área comercial. Articulado e antenado, estudou Marketing e Administração de Empresas na Faculdade Anhanguera de Ciências Humanas, pela qual fez pós-graduação em Políticas Sustentáveis, em convênio com a Fundação Milton Campos.

Depois, acompanhou a trajetória política de Paulo Roberto Cunha, começando quando ele se candidatou a Deputado Federal Constituinte, foi muito bem votado e eleito, e teve votos em todos os municípios goianos. Foi seu Chefe de Gabinete na Câmara Federal e coordenou a elaboração e tramitação das suas emendas durante o período da Constituinte, a maioria em defesa da agropecuária e do Cooperativismo.

Mais tarde, acompanhou-o na Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), e, em seguida, mudou-se para Manaus, AM, onde ficou por 10 anos, atuando na iniciativa privada. Foi Superintendente Executivo da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado de Goiás; coordenador dos trabalhos de reforma do Código Florestal goiano, que resultou no texto em vigor; e Secretário de Desenvolvimento Econômico e Agricultura da Prefeitura Municipal de Senador Canedo

Ao ler “Cooperativismo de Crédito – Sua história em Goiás e seu protagonismo no Brasil” e ver a citação ao importante trabalho que o deputado federal Paulo Roberto Cunha fez pela agropecuária e pelo Cooperativismo na Constituinte, Becker enviou-nos o artigo abaixo. Objetivo, claro e direto, ressalta que o livro fez uma justa e oportuna homenagem ao grande trabalho do líder cooperativista, deferência que não tinha visto ainda, de nenhuma pessoa ou entidade.

É bom reconhecer que o trabalho de reorganização do sistema cooperativista goiano, no início dos anos 1980, inclusive recuperando e dinamizando a sua entidade de representação, OCG, teve a participação direta de Paulo Roberto, projetando o Cooperativismo goiano.

Eis o artigo:

Cooperativismo de Crédito e política, por Luiz Becker

Registrar em um livro os acontecimentos relevantes que marcam, mudam e transformam a vida das pessoas faz com que a sociedade alicerce e embase seus fundamentos, perpetuando, com dignidade e respeito, seus valores, memória e história.

O livro “Cooperativismo de Crédito – Sua história em Goiás e seu protagonismo no Brasil” é um marco que consolida a decisão estabelecida pelo povo goiano em continuar mostrando suas virtudes, seu dinamismo, suas conquistas e sua pujança.

Onde e quando, senão do capítulo do ressurgimento das Cooperativas nos anos 1980, seria tão amplamente divulgada, reconhecida e lembrada à importância de Paulo Roberto Cunha em favor da Agropecuária e do Cooperativismo?

Como coordenador de campanha do idealista candidato Paulo Roberto Cunha a Deputado Federal Constituinte não lembro do sistema cooperativista e agropecuário haverem se empenhado pela eleição dele na mesma proporção do seu entusiasmo e empenho em defesa do Cooperativismo e da agropecuária nacional.

Fui seu Chefe de Gabinete no Congresso Nacional e Coordenador na elaboração e tramitação das suas emendas durante o período da Constituinte e testemunhei a forma abnegada com que representou a agropecuária e o Cooperativismo. Promovia, com sua equipe de trabalho, verdadeiras jornadas de vigília para monitorar cada passo dado pela Relatoria da Constituinte, a fim de evitar que as manobras e peripécias de grupos de interesses contrários ao Cooperativismo obtivessem êxito.

Mas de nada valeriam os esforços e vitórias na Constituição Federal de 1988 se, logo após, as lideranças goianas que ombreavam o Cooperativismo de Crédito goiano não tivessem demonstrado o dinamismo e competência que o trouxeram até os dias de hoje. Isto vale ser comemorado e brindado pelo Sicoob Goiás Central e pelo Cooperativismo brasileiro com a edição deste livro.

Aí está uma prova viva de que política e sociedade podem, sim, coexistir em perfeita sintonia de interesses, para a plena realização de suas potencialidades e valores, em benefício do bem comum.

2 thoughts on “Livro faz justa homenagem a Paulo Roberto Cunha

Deixe uma resposta

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.